terça-feira, 15 de abril de 2008

Também para a ilustração é preciso estudar: Estes desenhos a vermelho foram feitos a partir de J.J. Grandville. Serviram para me relembrar da importância do carácter temperamental do animal em consonância com a personagem e também me ajudaram a aquecer motores (neste caso a mão)... de certo modo começo a ter pena de não ter escolhido roupas do século XIX para os meus desenhos onde é que vou encontrar nos dias de hoje esta riqueza de tecidos, rendas e lacinhos? :)

2 comentários:

AF disse...

Fantástico!

Abelhón disse...

La cruja essa si stá guapa!
L'outro monicaco nun sei l que yê mas fai-me alembrar alguns que you beio passar al pie de las froles de jardins adonde me bou desaiunando!
Ah Ana! bota-me essa fuorça toda para fuora . Cun quelores u sien clores. Nun tengas miedo de mos poner l mundo más clorado!
I a perpósito de pintar:
Quando pintas un Abelhón?! U para un Abelhón?!
Nien que seia un dzenhico pequerrico d'un pinzel...